Menino tinha poucos meses de vida na época da operação. (Fonte da imagem: Reprodução/G1)

Se você achava que impressoras 3D só serviam para criar pequenos brinquedos e coisas do tipo, essa é uma oportunidade para mudar de ideia. Um equipamento desses foi utilizado por médicos de uma universidade dos EUA para salvar a vida de um menino. Na ocasião, eles produziram um pequeno tubo que foi implantado nos brônquios da criança. Com isso, um defeito de nascença foi corrigido.

Um ano depois da cirurgia bem-sucedida, a criança cresce saudável e nunca mais experimentou uma crise respiratória como as que tinha antes do procedimento. O médico que operou o menino, Glenn Green, comentou ao G1 que, sem uma tecnologia como essa, a criança provavelmente não poderia deixar o hospital por muito tempo, tendo que viver com a ajuda de aparelhos.

O pequeno tubo impresso pelos médicos consiste basicamente em um minicilindro perfurando com um corte na lateral. Esse corte permite que o dispositivo se ajuste ao corpo do menino de acordo com o crescimento. Assim, ele não precisa trocar ao aparelho com muita frequência.

Cupons de desconto TecMundo: