(Fonte da imagem: Reprodução/Daily Tech)

O presidente da HTC da América, Jason Mackenzie, se mostrou muito confiante ao alfinetar, na última quinta-feira (27), uma de suas maiores concorrentes, a Samsung. Isso porque o novo HTC One (M8), aparelho top de linha empresa que foi anunciado esta semana, deve se tornar o principal rival do Galaxy S5 em alguns países como nos Estados Unidos.

Durante uma entrevista, Mackenzie não se intimidou em desferir socos na Samsung e em suas políticas de investimento em publicidade e marketing: “Somos uma companhia que investe em nossos clientes e que entrega um produto com um belo design do qual é possível se orgulhar. A Samsung é uma companhia focada em investir em publicidade.”  

A teoria de que a Samsung obtém seu sucesso não por fazer ótimos dispositivos, mas por investir pesado demais em campanhas de marketing, é uma crítica que já foi feita anteriormente. “Eu acho que eles abusam de sua força. Eles dizem: ‘Nós temos um monte de dinheiro, vamos sair por aí e mudar o mundo’”, provoca Mackenzie. “E eu acho que isso se torna evidente quando se olha para aquele produto.”

“Se você quer comprar um produto feito de plástico barato, há uma solução para você”, diz o presidente da HTC sobre o Galaxy S5. “Mas nós estamos indo atrás de um cliente diferente, alguém que quer o melhor.”

HTC One (M8)

O HTC One (M8) já está à venda nos Estados Unidos desde seu anúncio oficial na última terça-feira (25), com preços que variam de acordo com os contratos das operadoras. O smartphone dificilmente será comercializado no Brasil por diversos motivos. Já o Samsung Galaxy S5 chega por aqui no dia 12 de abril pelo preço sugerido de R$ 2.599.

Cupons de desconto TecMundo: