Existe uma eterna disputa no mercado de computadores entre aqueles que preferem comprar um pacote fechado e completo, garantido por uma marca estabelecida, e os usuários que acreditam que a melhor opção é sempre a construção de um sistema personalizado, montado a partir de diversos componentes comprados separadamente. Já no mercado empresarial essa discordância não se faz tão presente, uma vez que as compras de equipamentos em lotes, as necessidades fiscais e legais e a demanda de assistência técnica especializada acabam por facilitar a utilização de uma marca específica por toda a empresa.

Os famosos PCs corporativos - normalmente Dell ou HP - são máquinas de boa capacidade, com vários recursos de otimização da utilização básica, porém sem oferecer extremos de performance. A estabilidade é a grande busca desse tipo de máquina, uma vez que seu funcionamento deve ser praticamente ininterrupto, garantindo assim a produtividade de seu usuário.

O HP Compaq 6005 Pro Minitower segue essa filosofia. Sem apresentar componentes de desempenho elevado, a máquina preza mesmo pela constância. Durante os testes no escritório do Baixaki, rodando o Windows Vista Business, em nenhum momento o computador se rendeu aos encantos da tela azul.

Configuração

A máquina que passou pelo escritório da NZN pode ser considerada de médio espectro, graças à sua configuração de capacidade respeitável, porém distante do ápice de performance encontrado em equipamentos topo-de-linha. O PC contava com processador AMD Athlon II X2 B24 3.0 GHz, placa-mãe HP 3047h e chipset AMD 785GX. Dois pentes de memória DDR3, cada um com 1 GB e a placa de vídeo integrada ATI Radeon HD 4200 completam o pacote básico. O disco rígido Seagate de 250 GB e o drive ótico - sem capacidade de gravação de qualquer tipo de mídia - da própria HP podem variar dependendo da versão que você ou sua empresa adquirirem.

Tabela de configurações

Design e ergonomia

HP Compaq 6005 Pro MinitowerComo a grande maioria das máquinas corporativas, o visual do HP Compaq 6005 Pro Minitower é sóbrio. Felizmente nada como o bege desbotado em voga na década de 1990, mas ainda assim não se pode dizer que o gabinete é bonito. O grande quesito aqui se chama praticidade.

Para começo de conversa, a frente do gabinete mostra nada menos do que quatro portas USB 2.0 além do botão de liga/desliga, entradas para fones de ouvido e microfone e os drives. No computador testado pelo Baixaki, apenas o drive ótico - DVD Multi player e CD-ROM - ocupa a fachada do gabinete que dispõe de mais duas baias com saída frontal: uma de 5,25 polegadas logo abaixo da unidade ótica e outra de 3,5 polegadas.

O único defeito da conformação do painel frontal do HP Compaq 6005 Pro Minitower é o botão de liga/desliga. Pequeno, retangular e vertical, o controle é um tanto desconfortável, além de difícil de manipular sem estar olhando para o gabinete. Como a maioria dos cubículos utilizados nas empresas costuma reservar espaço para o desktop embaixo das mesas, o botão poderia ser maior para uma ativação mais fácil.

Parafusos para abertura manual do painel lateral do gabineteO formato minitorre do gabinete é compacto, permitindo sua colocação em praticamente qualquer espaço sem grandes incômodos. Uma das características mais interessantes desse padrão usado pela HP é o acesso ao interior da máquina, facilitado pela existência de um painel lateral de remoção simplificada. Para abrir o gabinete basta afrouxar - sem depender de ferramentas - os parafusos na parte traseira e retirar o painel. Esses parafusos são presos ao painel, garantindo que não serão perdidos, e dotados de molas para facilitar seu uso.

No painel posterior do gabinete você encontra outras seis portas USB - em um total de dez interfaces deste tipo -, entradas PS/2 para mouse e teclado, portas seriais macho e fêmea, uma DisplayPort - padrão para monitores mais modernos -, uma entrada Ethernet para rede e uma inesperada porta paralela que permite a integração dispositivos mais antigos. A existência da paralela se justifica pelo perfil empresarial do computador, já que não é incomum a utilização de impressoras jato de tinta ou mesmo matriciais ainda dotadas dessa interface em determinados estabelecimentos comerciais.

InterfacesAlém do gabinete, o pacote do HP Compaq 6005 Pro Minitower inclui também teclado e mouse, ambos com conexão PS/2. Apesar do gabinete apresentar as entradas desse formato, aqui no Baixaki a impressão é de que os mesmos periféricos com interface USB seriam mais interessantes, especialmente levanto em conta a quantidade dessas entradas disponíveis no gabinete.

Ambos os acessórios - teclado e mouse - seguem a linha sóbria do gabinete: pretos com detalhes em um prateado fosco, com o logotipo HP sempre em evidência. Visualmente, o mouse é bem sem graça, tendo a mesma "carinha" de tantos outros dispositivos deste tipo existentes no mercado, enquanto o teclado já se mostra bem mais bonito e distinto.

Durante o uso, o teclado se mostrou bastante confortável, com teclas macias e silenciosas - exceto a barra de espaço que estala bem alto durante uma digitação mais veloz. A resposta a cada toque é imediata. Devido ao caráter corporativo do equipamento, a ausência de teclas de controle de mídia ou outras funções não relacionadas ao trabalho é justificada. A elevação do teclado pode ser ajustada com os tradicionais "pezinhos" traseiros, e a diferença entre ambos os estados é gigantesca. Sem a elevação o teclado parece ficar inclinado para longe do usuário, como se a barra de espaço fosse a tecla mais alta, o que pode gerar um certo desconforto para quem não está acostumado com teclados baixos. Felizmente a posição alta do teclado é bastante confortável e permite uma visualização clara de todas as teclas.

Teclado HP

Mouse ótico HPO mouse ótico que acompanha o HP Compaq 6005 Pro Minitower é outra história. Além de parecer visualmente comum, seu design não é o mais confortável, com a parte traseira do equipamento - onde se apoia a palma da mão - muito baixa, forçando o usuário a manter uma posição no mínimo esquisita durante a utilização prolongada. Sem a utilização de um apoio extra para o pulso, trabalhar com este mouse durante longos períodos pode ocasionar problemas ergonômicos, inclusive dores localizadas. Os dois botões são amplos e de acionamento leve, assim como a scrollwheel colocada entre eles.

Pacote completo?

O interior do gabinete do HP Compaq 6005 Pro Minitower

Apesar de ser um equipamento destinado aos escritórios dos mais variados negócios, a máquina enviada para os testes no Baixaki veio bastante incompleta, sem muitos dos aplicativos pré-instalados disponíveis para algumas versões. O maior espanto foi a ausência de algum pacote de aplicativos para escritório - como o Microsoft Office, ou mesmo o open-source OpenOffice - e também a falta de um antivirus.

Fora esse "pequeno" detalhe, o pacote de software pré-instalado corresponde ao básico de qualquer computador: além do sistema operacional - na máquina testada era o Windows Vista Business, mas a opção pelo Windows XP Professional também existe - e os aplicativos padrão da Microsoft também estão presentes alguns programas da própria HP, destinados a gerenciar melhor o sistema e facilitar atualizações.

Vale lembrar, entretanto, que a ausência dos aplicativos de produtividade se deve - provavelmente - ao destino da máquina. Por ser um computador utilizado para testes, e não para venda, não é economicamente vantajoso aplicar uma licença do Microsoft Office, por exemplo, sendo que nas unidades comerciais do equipamento essa suite de aplicativos é pré-instalada dependendo das configurações requeridas pelo comprador.´

Desempenho

Como o HP Compaq 6005 Pro Minitower não pretende ser uma máquina para jogos ou mesmo para tarefas mais pesadas, seu desempenho não é lá dos mais altos. Mesmo assim a configuração de respeito garante que as tarefas comuns ao ambiente de escritório - e mesmo alguns jogos mais leves - rodem com tranquilidade no sistema. Para efeitos de comparação, o Baixaki utilizou duas ferramentas de benchmark: o 3DMark Vantage e o PCMark Vantage. Percebam que as comparações são com o equipamento que garantiu o maior escore até o momento do teste por este método, motivo da enorme diferença entre as marcas de referência e as obtidas pelo HP Compaq 6005 Pro Minitower.

Captura de tela da comparação do HP Compaq 6005 Pro Minitower

Além do benchmark, o computador passou por uma semana de uso seguindo a rotina do Baixaki, que não é mais comum em escritórios normais devido principalmente à frequência com que aplicativos são instalados e desinstalados. Sem ser desfragmentado nenhuma vez, o tempo médio de inicialização do sistema - do acionamento no botão liga/desliga até estar conectado e sem exibir a “rosquinha” de processamento do Windows Vista - foi de 1 minuto e 30 segundos. A grande maioria dos aplicativos utilizados - BROffice, Mozilla Firefox, Opera 10, PrtScr, Skype e vários outros aplicativos que você encontra para download aqui no Baixaki - teve tempos de inicialização aceitáveis ou bons. Durante todo o período de testes nenhum aplicativo afogou o computador - mesmo com “apenas” 2 GB de RAM - e a famosa tela azul da morte não deu as caras nem por ameaça.

Como desde o princípio o computador deu mostras de também ser uma opção para o usuário doméstico, o Baixaki testou seu desempenho também com alguns jogos populares no mercado. Infelizmente o resultado não foi dos mais agradáveis.

Rodando o The Sims 3, por exemplo, o HP Compaq 6005 Pro Minitower não se mostrou muito ágil, apesar de conseguir executar o aplicativo sem grandes problemas além da demora em carregar algumas partes do jogo sob as configurações padrão de vídeo.

Uma vez que The Sims não é um jogo que exija muito do computador, a máquina de testes também foi colocada sob estresse intenso com Timeshift. Este jogo exige muito mais da capacidade gráfica do equipamento, e apesar de rodar - com as configurações de vídeo ajustadas para o hardware existente - os movimentos ficaram bastante truncados, dificultando a jogabilidade.

Impressões gerais

HP Compaq 6005 Pro MinitowerConfiável, estável e com componentes de qualidade, a máquina se comportou bem durante o período de testes, mesmo quando submetida a uma intensidade de funcionamento maior à encontrada no uso normal do ambiente corporativo. Graças a isso - e apesar de ser um computador pensado para o uso em escritório, com características pensadas principalmente para facilitar a vida do pessoal da TI empresarial - o HP Compaq 6005 Pro Minitower não deixa de ser uma boa opção para quem não pretende meter a mão na massa e construir seu próprio computador.

Naturalmente que as características pensadas para facilitar o trabalho em escritório também ajudam o usuário doméstico. Acessar a parte interna do PC sem depender de ferramentas e sem correr o risco de perder os parafusos, uma quantidade enorme de portas USB tanto na parte posterior quanto na frente do gabinete e até mesmo - porém em menor grau - a presença da ultrapassada porta paralela podem se tornar diferenciais interessantes na hora de escolher um desktop que seja economicamente interessante e ainda assim compatível com quase tudo que é essencial em uma máquina para que não exige desempenho extremo em suas atividades diárias.