Os aparelhos GPS fizeram uma diferença gritante na qualidade de vida de quem costuma dirigir constantemente para novos endereços ou viajar para locais mais afastados, poupando muito tempo na hora de procurar seu destino nos antiquados e confusos guias de ruas. Os aplicativos que utilizam a tecnologia levaram o recurso aos celulares, dispensando a utilização de um dispositivo adicional. O Waze, um dos mais populares desse mercado, ajuda bastante os motoristas a se localizarem, mas isso não impende que ele também crie situações complicadas.

Além de contar com a ferramenta de geolocalização por triangulação de satélites, o app também se apoia na colaboração de seus usuários para enriquecer ainda mais a base de dados do Waze. Desse modo, caminhos alternativos conhecidos apenas por quem mora na região ou rotas mais econômicas acabam sendo indicadas pelo software. Tudo isso seria muito bonito se, vez ou outra, os pobres condutores não acabassem se metendo em verdadeiras furadas por causa de caminhos errados ou trajetos com segurança duvidosa.

O G1 conversou com algumas pessoas que passaram por algum tipo de saia justa por terem confiado demais no aplicativo. Enquanto no caso da cearense Camila Fernandes, de 33 anos, ela só se deparou com uma rua sem saída ao seguir as coordenadas dadas pelo programa ao transitar por Curitiba, o paulista Bruno Marques, 37, quase sofreu um acidente ao obedecer as direções indicadas. Indo para Aparecida, ele recebeu um aviso repentino para virar à direita em uma rua e quase caiu com o carro em um buraco na via – que estava em obras na época.

Além de casos assim terem virado até piada com a equipe do Porta dos Fundos, o próprio Waze pode ter sido o responsável por levar outra turma – atores da Globo – a uma região bem perigosa do Rio de Janeiro. No meio do mês de março, Tadeu Aguiar e Sérgio Menezes – integrantes da novela Babilônia – pegaram um atalho para chegar mais cedo a um compromisso e o aplicativo acabou fazendo com que eles fossem assaltados por criminosos na região do Chapadão, na capital carioca.

Segundo o site, a assessoria de imprensa do Waze disse que são raras as ocasiões nas quais as pessoas se perdem usando seu produto, explicando que é um grande desafio “manter mapas que reflitam as condições de trânsito atualizadas” ao mesmo tempo em que se leva em consideração diversos outros fatores relacionados. E você, já sofreu com o GPS? Deixe sua opinião mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: