(Fonte da imagem: Reprodução/OSM)

Depois de a Mocality acusar o Google de estar roubando dados da empresa, agora é a vez da Open Street Map (OSM) anunciar que, curiosamente, seu banco de dados está sofrendo alterações (que mais parecem sabotagens) vindas de IPs pertencentes ao Google.

A empresa afirma que conseguiu ligar acessos de IPs do Google na Índia a atos de vandalismo efetuados no site. Tais atos incluem ações que colocam em risco pessoas que se baseiam nos mapas, como alteração da direção de ruas, exclusão de dados importantes, entre outros.

A OSM divulgou também que sofreu mais de 100 mil ataques nas últimas semanas, sendo que todos podem ser rastreados de volta até 17 diferentes IPs pertencentes ao Google. Mesmo que páginas como o Open Street Map e Wikipedia estejam sujeitas a sofrer tais ataques, pois são completamente dependentes de dados gerados pelos usuários, o fato de isso ter partido de alguém ligado ao Google tornou-se preocupante.

Já pelo lado do Google, depois de a empresa ter divulgado um pedido de desculpas público à Mocality, parece que ela ainda tem problemas em controlar suas terceirizadas. Mesmo que nada possa ser provado, a própria OSM disse que a relação entre as empresas já está estremecida.

Cupons de desconto TecMundo: