Junho é conhecido pela comunidade LGBT como um período de orgulho, diversidade e compreensão da causa. Para celebrar o Mês do Orgulho LGBT, a Google lançou no Brasil a campanha #OrgulhoDeSer, representada pela hashtag oficial, e que vai realizar ações em serviços da empresa, como o YouTube, Mapas, a Busca e o Google Allo.

A empresa está seguindo exemplo de outras companhias, como o Facebook, que realizou ações não só na rede social como também no Instagram, deixando suas interfaces mais coloridas e conscientizando que o preconceito não leva a nenhum lugar.

No YouTube, haverá uma mobilização entre os youtubers de toda a América Latina, que viajarão entre o Brasil e o México por duas semanas, para produzir conteúdos sobre diversidade e para participar das Paradas do Orgulho LGBT em São Paulo e na Cidade do México.

Por aqui, o Canal das Bee vai produzir uma série com seis vídeos, que contam com a colaboração de mais de 20 criadores de conteúdo e ativistas da causa, para explicar “o que é ser LGBT” e discutir sobre os gatilhos do preconceito, sendo o principal deles a desinformação.

No Google Maps, a rota da Parada LGBT de São Paulo e outros eventos relacionados vão ser destacados com um grande arco-íris, indicando por onde passará a multidão.

O Google Search, obviamente, não estaria de fora. O principal serviço da gigante de Mountain View vai apresentar um design todo especial quando o termo “Parada SP” ou quaisquer palavras relacionadas à comunidade LGBT forem procurados. As cores da bandeira do movimento invadem toda a página, levando alegria à sua pesquisa.

Além disso, organizações que trabalham com a causa LGBT, como Parada SP, Casa1, Coletivo Mangueiras, NUDHES e Cellos, estão participando da curadoria dos resultados da busca, para que você encontre conteúdo relevante sobre as atividades que acontecerão durante as próximas semanas.

Por último, mas nem por isso menos importante, um novo pacote de adesivos para o comunicador Google Allo, chamado "É só amor", foi desenvolvido especialmente para celebrar a data.

Os adesivos "Orgulhe-se de quem você é", que conta com expressões como “Não sou obrigadX” ou o “Raio da Desconstrução”, continuam presentes na plataforma.