A Google liberou recentemente o Chrome Beta v51 na Google Play e, com ele, várias novidades foram implementadas. O que deve chamar mais atenção dos usuários é o fato de o navegador agora consumir até 30% menos bateria ao carregar sites.

Isso acontece porque a Google começou a trabalhar com uma nova tecnologia de renderização identificada como RPT. Ela foi testada em uma série de sites populares dos EUA, sendo que, em quase todos, resulta em uma economia minimamente interessante. Confira o gráfico a seguir para mais detalhes.

Não foi comentado como está a estabilidade do navegador com essa novidade na renderização nem se ela é efetiva em todos os sites da web ou apenas nos mais acessados em cada região. Mesmo assim, qualquer 10% de bateria a mais no fim do dia já faz a diferença para quem deixou o carregador em casa.

Consumo sem a nova tecnologia em azul e com a nova tecnologia em vermelho

Google Smart Lock

Outra novidade que pode interferir diretamente na forma como você usa o browser é uma melhoria implantada no Google Smart Lock. Esse recurso é basicamente o banco de senhas e logins que o Chrome cria quando você salva suas credenciais para acessar determinado endereço web.

Agora, se você tem mais de uma Conta Google registrada no aparelho, quando acessar um site que tenha logins e senhas salvos nos bancos das duas contas, o Chrome Beta vai perguntar com qual delas você quer entrar.

Dessa maneira, você consegue acessar o email do trabalho no celular pessoal, por exemplo, sem ter que trocar de usuário no browser para isso. Você pode conferir todo o relatório de mudanças na versão 51 do Chrome Beta para smartphones aqui

Qual o melhor navegador para smartphones Android? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: