(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A frase “Se ele não for meu, não será de mais ninguém!” parece ter sido importada diretamente de alguma vilã de novela adolescente, mas é o que muitos consumidores pensam acerca de seus smartphones. E é exatamente isso o que o Samsung Galaxy S5 vai oferecer para os seus compradores, graças a um “mecanismo de suicídio”, que pode inutilizar completamente o aparelho em caso de roubo.

Isso mesmo! Se você possuir um Galaxy S5 e ele for roubado, você poderá acionar remotamente um recurso — ainda sem nome no Brasil — que apaga todos os dados pessoais e ainda impede que ele seja usado para qualquer tipo de tarefa. Isso inclui o acesso à câmera digital, às mensagens e às conexões com a internet, além de impedir o uso de qualquer aplicativo.

Dessa forma, os consumidores lesados por ladrões não vão poder reaver seus aparelhos, mas podem ter a certeza de que nenhuma outra pessoa terá acesso às informações mais importantes — além de impedir que os ladrões tenham algum lucro com os smartphones que foram roubados. Será que isso seria o suficiente para impedir a ação dos ladrões?

Não é a primeira vez

Essa não é a primeira vez que a Samsung instala um recurso similar em seus aparelhos. O phablet Samsung Galaxy Note 3 oferece o mesmo para os seus compradores e novos dispositivos também devem recebê-lo. Segundo o site ZDNet, outras empresas devem fazer o mesmo em breve e a LG seria uma das fortes candidatas para isso. Será que o LG G3 já contará com a novidade?

Cupons de desconto TecMundo: