(Fonte da imagem: Reprodução/EvLeaks)

Desde que surgiram os primeiros phablets, a Samsung vem mostrando que possui grandes poderes na categoria. O Galaxy Note conquista mais fãs em cada geração e, com a chegada da terceira versão, isso deve ser novamente percebido. O dispositivo, que ainda nem foi apresentado oficialmente, já vem despertando a curiosidade de muitos consumidores, ainda mais pelo hardware que é esperado para ele.

Mas ao contrário dos 3 GB de memória RAM — uma quantidade que estava sendo cogitada há várias semanas e aumentaria em 50% a capacidade em relação à versão anterior —, novas informações apontam para a presença de 2,5 GB — 25% a mais do que os 2 GB dos aparelhos que estão no mercado atualmente. Quem conseguiu a informação foi o @EvLeaks, um perfil no Twitter que é especializado em vazamentos de informações sobre tecnologia.

O mesmo perfil na rede social também foi responsável por outro vazamento bem interessante. Ele publicou uma imagem com as 276 APKs (pacotes de aplicações do Android) que vão fazer parte do Galaxy Note 3. E foi nessa lista que o site SamMobile notou a presença de algo bem interessante: o pacote “FingerprintService.apk”. Não há muitos detalhes sobre isso, mas pelo nome pode se tratar de um sistema de reconhecimento de digitais.

Caso isso seja confirmado, é bem provável que vejamos um Galaxy Note 3 remodelado, com um sensor de impressões digitais para os desbloqueios de segurança. A mesma fonte ainda relembra que pode se tratar apenas de uma APK de testes para aparelhos que serão lançados no futuro, mas as chances de que isso vá ocorrer já nessa geração existem.

Cupons de desconto TecMundo: