Apertar um botão ou usar comandos de voz para tirar fotos ou gravar vídeos são ações do passado. O futuro está na Neurocam, um dispositivo que pode ser acoplado à cabeça da pessoa juntamente com um celular.

Baseado em suas ondas cerebrais, ele grava vídeos automaticamente, enviando o material capturado para álbuns que podem ser consultados depois. Apesar da posição lateral do smartphone, uma lente acoplada faz com que ele grave exatamente o que está em seu campo de visão.

A "leitura de mentes" foi explicada de forma resumida, sem detalhes técnicos: as ondas cerebrais são classificadas por um app de iPhone que vai de zero a cem. Quando o registro chega a mais de 60, a gravação começa, produzindo um clipe de cinco segundos que é convertido para o formato GIF.

A ideia do projeto, que ainda está em fase de protótipo, é que você faça um "diário sobre a vida", sem capturar necessariamente os momentos em que você está com a câmera pronta para o disparo.

Cupons de desconto TecMundo: