Tyler Downer é, atualmente, o ser humano mais odiado pela equipe de desenvolvimento do Mozilla Firefox. Por motivos descritos como “a falta de interesse geral em fazer alguma melhoria substancial no processo de triagem do BMO (Bugzilla Mozilla)”, Tyler deixou a empresa quase no fim de agosto de 2011, dizendo em uma postagem em seu blog que há 2.598 UNCO bugs (UNCO é a designação em inglês de unconfirmed) intocados por um período de 150 dias no navegador com o qual trabalhava.

O número total de UNCO bugs no navegador é, na realidade, ainda maior. Ainda segundo Tyler, o Firefox tinha em torno de 13 mil UNCO bugs no sistem BMO na primavera de 2010 (nosso outono). Atualmente, no sistema BMO, existem 5.934 registros em andamento, uma melhoria de aproximadamente 6.000 erros corrigidos ou descartados.

A quantidade de erros ainda existentes implica, nas palavras de Tyler, que “várias centenas de relatórios de erro foram ignorados, com uma resposta que se parece com um “obrigado por preencherem o relatório de erro. Nós não nos preocupamos muito com ele, vamos deixá-lo de lado por seis meses e pedir para você retestar o erro quando desconfiar que ele não foi corrigido, mas obrigado de qualquer forma”.

Para Tyler, esse quadro se dá pelo fato de os programadores não terem tempo hábil de lidar com todos os problemas até uma nova versão do navegador. “A triagem da Fundação não está preparada para lidar com um cronograma tão apertado”, ele completa. Tyler finaliza com uma luz no fim do túnel: “Tenho conversado nas últimas duas semanas com vários funcionários e contribuidores da Mozilla sobre como a Triagem pode ser melhorada”.

Cupons de desconto TecMundo: