Conhecido por muitos como o “Netflix da pirataria”, o Popcorn Time será bloqueado na Itália – ao menos é o que espera a Corte Criminal de Gênova, que determinou na última terça-feira (1º) que os provedores de internet barrem o acesso aos sites popcorn-time.se, popcorntime.io e popcorntimeitalia.com. 

Para a Justiça do país, o aplicativo possui um método de funcionamento que ajuda na infração das leis de proteção de propriedade intelectual. Ao acessar o Popcorn Time, o usuário pode assistir a um filme na internet instantaneamente, uma vez que ele alia um sistema de torrent e streaming: o programa baixa os pacotes de dados na ordem em que eles aparecem no filme ao mesmo tempo em que compartilha tais informações enquanto o longa-metragem é reproduzido. 

Vale lembrar que tal medida pode dificultar o acesso ao aplicativo, mas não vai impedi-lo totalmente. É possível baixar o programa em outros domínios, sem contar que aqueles que o mantiverem em seu computador vão conseguir usá-lo normalmente.

O que a indústria cinematográfica pode fazer para lutar de forma efetiva contra programas como o Popcorn Time? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: