Em 2015, a franquia Mad Max voltou aos cinemas com "Mad Max: Estrada da Fúria" — filme que ganhou várias estatuetas na cerimônia do Oscar deste ano, inclusive.

Entre as indicações para os filmes estava a de "Melhores Efeitos Visuais", mas a obra acabou sendo derrotada por Ex Machina.

Por falar em efeitos visuais, há quem diga que "Mad Max: Estrada da Fúria" ultrapassou os limites e acabou usando computação gráfica (CG) demais. Mas a verdade é que o filme estrelado por Tom Hardy e Charlize Theron seria incrível mesmo sem todos os efeitos aplicados depois.

Usando efeitos especiais nas próprias gravações, "Mad Max: Estrada da Fúria" não deixa a ação de lado e consegue criar uma atmosfera muito interessante. Está duvidando disso? Então confira o vídeo que está logo abaixo deste parágrafo:

Como você pode ver, com o uso de coreografias elaboradas, cabos, equipes competentes e cenários preparados, as cenas de "Mad Max: Estrada da Fúria" conseguem ser maravilhosas e nem precisariam de CG — apesar de isso deixar tudo ainda mais legal.

Você imaginava que o filme poderia ficar legal sem os efeitos criados em computadores?

Cupons de desconto TecMundo: