Roberto Escobar, irmão do famoso narcotraficante colombiano Pablo Escobar, não está nada satisfeito com a primeira temporada da série Narcos, produzida pela Netflix. De fato, Roberto escreveu uma carta à empresa de streaming de vídeo fazendo várias exigências para que a segunda temporada possa ir ao ar.

Segundo o irmão de Pablo, a série está cheia de erros, mentiras e imprecisões e está mostrando incorretamente a vida da sua família. “Eu acho que mais ninguém no mundo ainda está vivo para validar os materiais além de mim”, explica Roberto.

Exigindo pelo menos US$ 1 bilhão (aproximadamente R$ 3,36 bilhões) da Netflix, Escobar ainda comenta que, se a produtora não acatar as suas exigências, a segunda temporada de Narcos não vai ao ar: “Eu acho que não haverá nenhum outro Narcos se eles não negociarem comigo”. “Se eles tentarem reduzir a minha oferta, temos advogados prontos para tomar as medidas necessárias [...] Você tem que pagar para jogar, e eles estão jogando sem pagar”, conclui.

Roberto Escobar, à esquerda

Roberto Escobar, que agia como contador do Cartel de seu irmão em Medellín, registrou em 2015 os direitos de uso do nome da sua família e abriu uma empresa chamada Escobar Inc. Até o momento, não há um posicionamento por parte da Netflix.

Cupons de desconto TecMundo: