Por meio de um post no Facebook e comunicados em alguns sites, Mark Zuckerberg anunciou que a maior rede social do mundo firmou parceria com a operadora de satélite Eutelsat para fornecer internet via satélite para 14 países no continente africano.

A Eutelsat, ao lado da empresa Spacecom, vai usar um satélite AMOS-6 para enviar a conexão para as regiões apresentadas na imagem abaixo — é esperado que a iniciativa comece a partir da metade de 2016.

Por meio da Internet.org, o Facebook tem levado conexão para lugares mais remotos ou sem acesso. O Brasil também já recebeu auxílio do programa e você pode saber mais sobre isso clicando aqui. Por outro lado, a maior crítica ao movimento de Zuckerberg é que ele fere a neutralidade da rede — quem navega no serviço fornecido pelo Facebook, por exemplo, não está liberado para "acessar o site quiser".

A Eutelsat também comentou, durante o anúncio, que 57% da população mundial ainda não possui uma conexão de internet confiável — dentro desse número, 90% das pessoas se encontram em países pobres.

"A missão do Facebook é conectar o mundo. Então, acreditamos que os satélites vão ter um papel importante em criar pontes significativas para conectar pessoas na África", disse Chris Daniels, vice-presidente da Internet.org. "Estamos felizes em trabalhar com a Eutelsat no projeto e em investigar novas maneiras de usar satélites para conectar as pessoas de áreas remotas de modo mais eficiente".

Foi comentado que a conexão vai ser barata e oferecer um bom hardware. Contudo, não foi divulgado velocidade e outros valores.

Como você acessa o TecMundo: banda larga própria, lan house ou dados móveis? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: