Você se lembra dos áureos tempos do Orkut, em que você precisava mentir para o site que tinha 18 anos para poder criar uma conta? No Facebook, aconteceu o caso oposto: uma idosa precisou reduzir a própria quantidade de anos vividos para ser autorizada a ter um perfil.

Anna Stoehr nasceu em 1900 e tem 114 anos. Ela resolveu criar uma conta no Facebook quando conheceu Joseph Ramireza, um vendedor da Verizon que já a ensinou a usar o Facetime, o Google e o próprio Facebook. Ambos se conheceram quando o filho de Stoehr, que tem 85 anos, foi comprar um iPhone. Agora, ela já está até conversando (em inglês ou alemão) com novos amigos feitos em chats internacionais, abertos em um iPad.

Mais velha residente do estado norte-americano de Minnesota, Stoehr descobriu que só é possível colocar a data de nascimento no Facebook até 1905. Por conta disso, ela precisou mentir na idade e acabou deixando de fora cinco anos de vida, cadastrando-se com 109 anos.

Assinada pela mais nova usuária, uma carta com a mensagem "Eu ainda estou aqui" foi enviada ao Facebook. Será que a rede social de Mark Zuckerberg vai atender ao pedido e ampliar os anos cobertos no cadastro?

Vale lembrar que a usuária mais velha do Facebook que se tem notícia é Edythe Kirchmaier, de 106 anos. Pelo jeito, a senhora acaba de perder o título — seja pela idade falsa ou verdadeira de Stoehr.

Cupons de desconto TecMundo: