O mundo dos smartphones foi pego de surpresa com um novo concorrente de peso e muito belíssimo anunciado na última semana. Estamos falando do Essential Phone, aparelho que chegou com design premium e configuração de ponta, trazendo ainda como trunfo o fato de ter sido concebido pelo cocriador do Android Andy Rubin.

E a prova de que a expectativa em torno da empreitada é boa veio de uma rodada de investimentos da empresa que arrecadou US$ 300 milhões para dar sequência ao seu desenvolvimento. Com isso, o valor da companhia também aumentou e já está perto de US$ 1 bilhão, revela o Bloomberg.

Fabricante do Essential Phone já animava os investidores antes mesmo de ser apresentada ao público.

O mais interessante de tudo isso é que, apesar das informações sobre a rodada de investimento terem se tornado públicas apenas agora, essa “passada de chapéu” ocorreu no final de maio, dias antes da companhia anunciar seus primeiros produtos. Isso quer dizer que a expectativa dos investidores já era boa antes mesmo de eles terem contato com a reação do público sobre os produtos da Essential.

Apesar das quantias volumosas de dólares disponibilizadas para Andy Rubin e companhia, nenhum investidor teve a sua identidade revelada — e a Essential se recusou a tratar do tema. Até o momento, apenas duas empresas investidoras da nova fabricante de smartphones são conhecidas: a montadora de gadgets Foxconn, de Taiwan, e a desenvolvedora de games Tencent, da China.