Parece que a situação não está muito boa para a gigante dos jogos sociais, a Zynga. Em seu relatório de rendimentos no trimestre encerrado em junho, a empresa reportou perdas gerais na casa dos milhões de dólares, mas também anunciou alguns pontos positivos e novidades interessantes – incluindo a contratação de Frank Gibeau, ex-executivo da Electronic Arts, para seu quadro de diretores.

Segundo o documento, a Zynga sofreu perdas totais de US$ 7,6 milhões, um golpe considerável comparado aos US$ 2,8 milhões de lucros na mesma época do ano passado – especialmente se considerarmos que a empresa também teve prejuízo no trimestre anterior. Embora os lançamentos financeiros para o período tenham ficado um pouco abaixo dos valores anteriores, ainda assim foram maiores do que as projeções mais otimistas feitas pela própria companhia.

Mesmo com as perdas, o relatório da Zynga revela que a empresa teve uma receita total de US$ 200 milhões no período de três meses, o que representa um aumento de 30% em comparação à mesma época de 2014. Enquanto isso, o total de usuários diários dos jogos da empresa caiu 23% e chegou a 21 milhões, mas a média de dinheiro ganho pela companhia de cada jogador por dia subiu, com a média de lançamentos para cada 24 horas subindo 29%.

Futuro otimista

Um dos pontos de destaque foi o setor da companhia voltado para dispositivos móveis, que também cresceu 30% e chegou a um total de US$ 115 milhões no trimestre. “Nossos times trabalharam duro para estabelecer as fundações mobile-first necessárias para que lideremos nos jogos sociais. Estamos ansiosos por avançar a partir desse progresso durante o resto de 2015 e além”, afirmou o CEO da Zynga, Mark Pincus.

Outra grande novidade envolvendo a gigante dos games sociais é a contratação de Frank Gibeau, ex-executivo da EA, para seu quadro de diretores. Responsável por chefiar a divisão de títulos para dispositivos móveis da rival da Zynga, ele agora será uma peça-chave para garantir os planos da empresa de criar jogos mobile de uma forma mais lucrativa.

“A Zynga tem os produtos, as pessoas e o poderoso plano necessário para transformar sua missão de conectar o mundo por meio dos games em uma realidade”, afirmou Gibeau em uma declaração recente. Com essa troca, ele se torna o segundo funcionário de alto escalão da EA a entrar para o quadro de diretores da especialista em jogos sociais, vindo depois do ex-COO da Electronic Arts, Bing Gordon.

Você acredita que a Zynga vai conseguir recuperar de suas perdas recentes? Comente no Fórum do Baixaki Jogos

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: