A Rovio, responsável pela franquia Angry Birds, acaba de ganhar US$ 4,3 milhões (aproximadamente R$ 13 milhões) em um processo movido contra a Toy Amazon Corp. A desenvolvedora acusava a empresa de brinquedos de ter vendido produtos falsificados da franquia de pássaros furiosos.

A ação foi aberta em setembro do ano passado, na corte federal americana. Da quantia total, US$ 2,7 milhões foram por conta dos direitos autorais da empresa finlandesa de games e mais US$ 1,5 milhão por violação de marca registrada.

Uma parte significativa dos lucros relacionados à franquia das aves enraivecidas é relacionada à venda de brinquedos e outros produtos licenciados, então é bastante compreensível que a Rovio acione judicialmente qualquer empresa que viole os direitos autorais.

Cupons de desconto TecMundo: