Uma escola em Guiyang, no sudoeste da China, elevou o banimento de smartphones em salas de aula de outra maneira. Se um aluno for pego usando celular enquanto o professor está em sala, o aparelho é mergulhado em um jarro de água e depois estraçalhado com um martelo.

O relato, que apareceu na rede social Weibo, ainda mostra um "professor disciplinar" esmagando três smartphones com o martelo enquanto a todos os alunos da escola assistem ao show. De acordo com o diretor dessa instituição de ensino, "é uma regra. Ninguém pode levar celulares para a escola".

Escola é onde você vai para aprender e crescer; um método tão violento e duro é educação?

"Nós já fizemos isso muitas vezes. Não há nada mais que possamos fazer para os estudantes que tentam levar algum celular escondido, a não destruir os smartphones na frente deles", disse o diretor, adicionando que os pais dos estudantes concordam com a regra do colégio.

Por outro lado, muitos usuários chineses da rede social Weibo acreditam que a escola está indo longe demais. "Escola é onde você vai para aprender e crescer; um método tão violento e duro é educação?", "Isso é uma escola ou uma prisão?", e "Isso é algo doentio" são alguns dos comentários escritos.

Abaixo, você vê um vídeo mostrando o "professor disciplinar" quebrando alguns smartphones.

Cupons de desconto TecMundo: