Você já ouviu falar no nome “TECHER”? Pois é bom se preparar para ouvir muito deles, já que é uma das profissões que estão ganhando enorme destaque nos últimos tempos. É fácil entender o porquê desse sucesso; afinal, a esse ponto, você já deve estar até cansado de tanto ouvir sobre como a tecnologia se tornou importante para praticamente todo e qualquer mercado que alguém conseguir pensar.

Provas disso não faltam. Um bom exemplo é a automatização cada vez maior dos mais diversos serviços, como o atendimento ao cliente de um enorme número de companhias ou a incorporação de experiências virtuais – sejam jogos, interações em realidade virtual/aumentada – para promover produtos e afins.

Os consumidores estão mais exigentes e esperam das corporações toda a qualidade e facilidade advindas da tecnologia

Além disso, as áreas de desenvolvimento e análise de dados, desenvolvimento de software e games estão em alta. Inteligência artificial, big data, bots, realidade aumentada e blockchain são palavras cada vez mais comuns. Os recrutadores e gerentes de tecnologia alertam que as organizações estão em busca de programadores de aplicativos e desenvolvedores de web, pois os consumidores estão mais exigentes e esperam das corporações toda a qualidade e facilidade advindas da tecnologia.

Se você ainda duvida, é só ver a relevância do setor tecnológico na economia do país: de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), ele representou, só em 2015, 8,7% do PIB brasileiro, o que equivale a R$ 533,9 bilhões. Imagine então em 2017, ano em que os especialistas apontam a área de TI como um destaque em empregabilidade e oportunidades profissionais!

Isso tudo, porém, gera perguntas importantes. Quem vai liderar esse processo de incorporar essas novidades nas empresas? E qual profissional consegue reconhecer essas oportunidades e aplicar essa tecnologia antes da concorrência?

TECHER é um profissional que propõe inovação tecnológica, servindo de 'ponte' entre os departamentos de gestão e TI

Foi assim que surgiu o TECHER, um novo tipo de profissional que pode ser descrito como um “estrategista da era digital”. E a ESPM, pensando em cobrir essa crescente oportunidade de mercado, trouxe oficialmente seu curso de graduação em TECH, que visa formar futuros especialistas nessa área.

Trazendo a tecnologia para o mercado de trabalho

Explicando em miúdos, um TECHER é, basicamente, um profissional que propõe inovação tecnológica. Seu trabalho é servir de “ponte” entre os departamentos de gestão e TI, trazendo um avançado conhecimento técnico em áreas como desenvolvimento e análise de sistemas, combinado a um domínio de áreas como marketing, empreendedorismo e vendas.

Como resultado, um TECHER tem a chance de enxergar oportunidades únicas de otimização e de crescimento de mercado com a tecnologia. Não limitados a isso, eles também sabem como inserir essas ideias de maneira mais consciente e com menores riscos para as companhias, aumentando chances de lucro e otimização.

Um TECHER tem a chance de enxergar oportunidades únicas de otimização e de crescimento de mercado com a tecnologia

No curso de TECH da ESPM, você tem a chance de aprender como criar soluções inteligentes que podem ser aplicadas diretamente na área do mercado em que você trabalha. Isso, é claro, é apenas uma pequena parte do processo: utilizar os conhecimentos para reduzir custos, melhorar todo o processo de tomadas de decisão e encontrar novas maneiras de atrair, engajar ou segmentar seus clientes; tudo isso é parte do ensino.

Ficou impressionado? Pois ainda há muito mais a conhecer no curso de TECH da ESPM, como módulos de especialização para diferentes áreas, agências experimentais e, como não poderia faltar, uma infraestrutura de ponta. Para conferir mais sobre o curso, basta clicar neste link.

.....

Este é um publieditorial patrocinado pela ESPM.