Se existe uma lei que todos são obrigados a seguir aqui na Terra, é a lei da gravidade. É ela quem nos deixa no chão e faz com que os drones mais legais do mundo sejam arremessados ao solo rapidamente  em muitos casos. Ou seja: a lei da gravidade é uma grande vilã para o bolso dos pilotos desastrados de drones.

Mas um novo equipamento está querendo dar outras possibilidades para essas pessoas. Trata-se do NIMBUS 195, um drone indestrutível que pode se manter totalmente funcional depois de quedas, impactos, colisões e até mesmo atropelamentos — como mostra o vídeo que você pode conferir mais abaixo.

O grande herói é o revestimento do drone:fibra de carbono. As hélices são constituídas de um material plástico flexível, também oferecendo muito mais resistência a impactos de várias naturezas. Para melhorar, ele é equipado com vedações e certificado com IP54, podendo ser usado em ambientes úmidos sem problemas.

A ideia da fabricante é colocar o NIMBUS 195 no mercado para pilotos de drones de corrida — a carcaça deve custar cerca de  US$ 160. Ele ainda está no Indiegogo, mas está previsto para ser lançado oficialmente já no mês que vem.