Imagem de: Celular com Linux da Pine64 pode ganhar suporte a módulos estilo Moto Z
Fonte: Divulgação

Celular com Linux da Pine64 pode ganhar suporte a módulos estilo Moto Z

1 min de leitura
Avatar do autor

A Pine64 é conhecida, principalmente, pelos hardwares baratos que produz e um dos produtos desenvolvidos por ela foi a Pine A64, uma placa ARM que custa aproximadamente US$ 15 (cerca de R$ 60). Agora, a empresa se prepara para lançar o PinePhone, um smartphone que se baseia na política de produtos com baixo custo e conta com um sistema operacional baseado em Linux.

Longe de ser um smartphone com alta capacidade de desempenho, o PinePhone tem o objetivo de ser um produto simples, barato e com alguma versatilidade. Para isso ele foi desenvolvido com uma tecnologia que deve permitir que o smartphone ganhe algumas funcionalidades adicionais, semelhante com o que a Motorola fez com o Moto Mod.

Apesar da novidade, nenhuma imagem dos seus possíveis módulos foi revelada até o momento.

(Fonte: Pine64/Divulgação)

Smartphone com Linux

Hoje, poucos smartphones são projetados para executarem qualquer outro sistema operacional baseado em Linux que não o Android. A filosofia da Pine64 é oferecer tecnologia a preços acessíveis e garantir maior liberdade e privacidade para o usuário. O objetivo é que nenhum dado pessoal precise ser informado para adquirir um app, e garantir que estas informações não serão rastreadas de forma alguma.

Vale lembrar, que embora que embora raro, a Pine64 não é a primeira empresa a desenvolver um smartphone com um software livre. Recentemente a Purism lançou um smartphone em parceria com a KDE para lançar um smartphone com Linux.

A Pine64 ainda não informou quando o seu smartphone estará disponível para vendas, porém ele deve chegar ao público custando US$ 149 (cerca de R$ 580).

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Celular com Linux da Pine64 pode ganhar suporte a módulos estilo Moto Z