Já é praxe no mundo mobile: um dispositivo móvel é lançado e em breve ele será desmontado pelo pessoal do iFixIt. Desta vez, o “teardown”, traduzido pelo site como “desmontagem analítica”, mostrou as entranhas do poderoso e aguardado Huawei P30 Pro, celular com a melhor câmera da atualidade.

Durante todo o processo, fica evidente que a fabricante não poupou o uso de cola para grudar partes e deixar tudo muito firme. Se isso é bom por motivos óbvios, torna-se um complicador quando se pensa em abrir o dispositivo caso seja necessário realizar algum reparo ou substituição.

A construção do Huawei P30 Pro é muito rígida e provavelmente faz jus à certificação IP68 contra água e poeira. Apesar disso e do tanto de cola, a única chave necessária para soltar todos os parafusos do Huawei P30 Pro foi uma Phillips #00, algo que foi destacado como positivo pelo iFixIt.

Huawei P30 ProHuawei P30 Pro é grudado com muita cola. (Fonte: iFixIt/Reprodução)

Muita cola

Na hora de soltar a tela, a cola volta a se mostrar presente e isso dificultou o processo. O grande temor aqui é que a quantidade de cola possa complicar bastante a tarefa de remover a tela de vidro ou o painel traseiro, também de vidro.

“O vidro preso com bastante cola tanto na frente quanto atrás significa um risco maior de quebra e torna os reparos difíceis de começar”, destaca o iFixIt. “Os reparos de tela requerem muita desmontagem enquanto se luta com o forte adesivo (traseira, bateria e tela)”, prossegue.

Em suma, todo esse conjunto que demanda poucas chaves, mas muita disposição e cuidado para separar a cola, ganhou nota 4 de 10 dos avaliadores no quesito reparabilidade.