Siri atende comandos e salva homem após capotamento no deserto

1 min de leitura
Imagem de: Siri atende comandos e salva homem após capotamento no deserto
Avatar do autor

Geralmente utilizados para ações mais “mundanas”, como fazer pesquisas na internet ou conferir a previsão do tempo, os assistentes pessoais dos celulares podem virar ferramentas de sobrevivência em situações de perigo.

Uma reportagem veiculada pela emissora KSNV-TV relatou o drama de um norte-americano que ficou prestes a morrer após capotar o Jeep que dirigia em uma rodovia do deserto de Nevada, em dezembro. Acompanhado apenas pelo seu cachorro de estimação e paralisado devido aos ferimentos, o motorista Nate Felix salvou sua vida com a ajuda da Siri, assistente pessoal do iPhone.

Segundo a reportagem de TV, Felix não conseguia se mover após o capotamento e sair do carro porque quebrou duas vértebras durante o acidente, o que fez com que 80% do seu corpo ficasse paralisado. Não bastasse a dor, ele também tinha que lidar com o frio intenso que faz no deserto de Nevada durante o inverno.

O motorista então se lembrou do seu iPhone. Ele não sabia onde o celular havia ido parar após o capotamento, mas começou a tentar acionar a assistente pessoal por comandos de voz. Felix tentou fazer com que Siri ligasse para amigos, mas nenhuma das ligações foi completada. Até que teve a ideia de pedir para Siri ligar para o 911 e conseguiu, enfim, contato com os serviços de emergência.

Os bombeiros conseguiram chegar até o local e retirar Felix das ferragens do carro. Ele precisou ser levado por helicóptero para o hospital mais próximo e ficou quatro dias internado.

Segundo os bombeiros que atenderam a ocorrência, é bastante provável que, caso não tivesse conseguido fazer a ligação, Felix não teria sobrevivido. “Se ele tivesse ficado lá no frio, poderia facilmente ter sofrido hipotermia”, disse o capitão James Perry.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Siri atende comandos e salva homem após capotamento no deserto