A  Consumentenbond (uma associação sem fins lucrativos que protege os direitos dos consumidores na Holanda) já vem brigando com a Samsung na Justiça há alguns meses, O motivo? A entidade alega que a companhia sul-coreana desrespeita suporte mínimo de dois anos para os aparelhos comercializados no país, sendo que ainda era pedido para que isso aumentasse para quatro anos.

Porém, nesta semana a justiça da Holanda decidiu que a Samsung não será obrigada a manter seus aparelhos atualizados por dois anos (e muito menos por quatro anos), como pedia a organização.

A corte holandesa afirma que a Samsung já faz um bom trabalho de comunicação aos seus consumidores acerca dos períodos de atualização em aparelhos Android. Desta forma, não estaria ocorrendo nenhuma ação que não vá de acordo com as diretrizes do direito do consumidor. 

Samsung

De qualquer forma, a Consumentenbond afirma que saiu vitoriosa no caso. Isso porque a Samsung mudou algumas políticas e agora deixa mais claro para os compradores como funcionam suas atualizações, sendo que há mais destaque para isso na homepage holandesa da fabricante.

A organização ainda afirma que vai continuar pedindo para que todas as fabricantes respeitem o período de "dois anos de atualizações" para todos os seus produtos.