Se as impressões sobre a bateria dos novos Galaxy S9Galaxy S9+ não são as melhores, a Samsung pode estar planejando uma forma de evitar a mesma situação no Galaxy Note 9. Os rumores mais recentes apontam para a presença de um tanque avantajado no gadget que será anunciado em algum momento do segundo semestre deste ano.

Segundo o vazador Ice Universe (@universeice), a próxima geração do phablet sul-coreano terá uma bateria de exatos 3.850 mAh. Se isso se confirmar, a bateria do Note 9 terá 550 mAh a mais do que o seu antecessor, o Galaxy Note 8, que foi anunciado em 2017 com 3.300 mAh.

O mesmo perfil reforça também a presença de um leitor de impressões digitais na tela do Note 9, recurso que também está relacionado ao aumento da bateria. Com a saída do sensor biométrico da parte traseira do dispositivo, aumenta-se o espaço para a bateria, algo que provavelmente a Samsung está aproveitando.

Recentemente, ganhou destaque o fato de que a Samsung já teria quatro soluções disponíveis para incluir o leitor de digitais na tela, repetindo o feito inédito alcançado pela parceria entre a Qualcomm e a fabricante chinesa Vivo no ano passado. Tudo isso, porém, ainda é apenas especulação e será preciso aguardar mais alguns meses até que o anúncio oficial do Note 9 mate toda a curiosidade em torno do dispositivo.