Novas informações trazidas pelo TechInsights vêm para acabar com as esperanças dos poucos que torciam que o Galaxy S9+ fosse mais barato do que os R$ 6 mil de rumores recentes. Isso porque, segundo o site, os custos de produção do novo flagship da Samsung são maiores do que o próprio Galaxy Note 8, custando em torno de US$ 379 contra os US$ 369 do phablet.

Para aqueles curiosos, os valores são resultado da análise dos preços de diversos componentes usados na fabricação desses smartphones na época em que o site teria desmontado cada um deles. Como você já deve imaginar, aliás, o celular da Samsung não foi nem de longe o mais caro a surgir nos últimos anos: esse cargo fica para nada menos do que o iPhone X, com custo de fabricação de US$ 389,50. Dos flagships de ambas as empresas, o de menor preço foi o iPhone 8+, com US$ 324,50.

Você pode conferir a lista dos aparelhos, com os custos de cada componente em separado, na imagem logo abaixo:

Tabela celulares

É importante notar, aliás, que os custos em si da produção dos aparelhos é muito maior do que apenas os componentes. Da mesma forma, vale frisar que empresas como a Samsung tem um menor gasto nesse sentido por utilizar várias de suas próprias companhias para a produção dos smartphones. A Apple, por sua vez, ainda depende pesadamente de outras companhias para conseguir seus componentes – algo que ela está consistentemente tentando remediar.

Seja como for, se os valores aqui mostrados estiverem certos, é melhor já ir economizando se quiser colocar as mãos no Galaxy S9+.