Boas notícias para aqueles que sofreram com a escassez de baterias após a Apple oferecer a troca desse componente nos iPhones mais velhos com preço reduzido. Depois de um bom tempo sofrendo para conseguir atender a demanda do público, a Maçã estaria finalmente voltando a alcançar os números dos pedidos, resultando em uma redução no tempo de espera para tal.

Segundo analistas da Barclay ao Business Insider, a queda no tempo de espera foi considerável. Se em janeiro a média de tempo de espera chegava a quatro semanas, ela atualmente caiu para duas; já o tempo de espera máximo foi de seis semanas para quatro semanas e meia, dependendo do modelo de telefone e de sua localização. A espera ainda é longa, mas cortar tudo praticamente pela metade é melhor do que nada.

Bom para o consumidor, ruim para a Apple

Vale notar também que a pesquisa feito pelos analistas também apontou que, como muitos já especulam, a opção de trocar a bateria dos celulares com desconto podem incentivar um número maior de pessoas a repararem seus iPhones, no lugar de comprar um novo modelo. Isso, obviamente, deve resultar em um prejuízo e tanto para a Apple. Não que eles se importem com isso.

Por último, mas não menos importante, é bom lembrar que a empresa ainda pode trazer outras vantagens para tentar se desculpar por reduzir o poder de seus iPhones propositalmente, como reembolsar quem pagou o preço total para trocar a bateria do seu celular.

Cupons de desconto TecMundo: