Estamos definitivamente na era dos smartphones sem bordas, como os principais lançamentos deste ano deixam bem claro. AppleLG e Samsung, por exemplo, apostaram fortemente em gadgets com esse detalhe, chegando a abandonar o botão físico na parte frontal de seus topos de linha de 2017. Mesmo assim, o ideal de “tela infinita” esbarra na necessidade de se ter alto-falante, câmeras e alguns sensores na parte frontal do aparelho.

Pensando em resolver essa situação, uma companhia chinesa apesentou o Oono, um smartphone com tela realmente infinita e sem perder espaço para lentes, sensores ou botões. E como isso é possível? O protótipo exibido durante uma feira na China conta com uma tela deslizável, algo típico de telefones celulares há algum tempo, ocultando assim todos os recursos que tomariam espaço no display.

Tela infinita de verdadeTela infinita de verdade.

Com isso, a parte frontal do dispositivo é tomada 100% pela tela, sem que isso signifique abrir mão de uma câmera de selfie ou, é claro, do alto-falante, um elemento crucial para um telefone.

O protótipo do Oono exibido hoje não é exatamente uma maravilha de design, ele tem um acabamento simples e a sua espessura não é das menores. Contudo, sem dúvida, trata-se de uma ótima ideia que pode ser explorada no futuro pelas grandes companhias do setor. Você compraria um smartphone com a tela deslizável?

Cupons de desconto TecMundo: