Depois de muita expectativa, um dos anúncios mais aguardados do segundo semestre finalmente aconteceu hoje. A Samsung mostrou o Galaxy Note 8 para o mundo nesta quarta-feira (23) e confirmou boa parte dos rumores a respeito do dispositivo. Uma dessas confirmações envolve o tamanho da bateria, menor no aparelho deste ano do que no seu antecessor.

Mas esse cuidado da Samsung faz todo sentido, afinal a bateria foi o grande problema que inviabilizou a existência do Note 7. Um erro no design da peça fez com que ela se tornasse explosiva e nem mesmo um recall de milhões de unidades resolveu. A empresa já tinha lançado uma versão repaginada do Note 7 na Coreia do Sul com bateria menor e o feito se repete no Note 8.

Olhando de perto

Além disso, para destacar ainda mais o cuidado da empresa com esse aspecto do seu dispositivo, ela fez questão de deixar claro que deu atenção especial às baterias do Note 8. No que chamou de “nosso compromisso contínuo com a segurança”, a Samsung contou com o auxílio da Underwriters Labs (UL), uma companhia de certificação de qualidade, para assegurar a construção de baterias seguras.

“Nós trabalhamos de perto com a Samsung para criar avanços significativos na ciência de qualidade do smartphone e de avaliação de segurança”, declarou o presidente da UL International Sajeev Jesudas. “Como resultado, o Note 8 completou com sucesso uma rigorosa série de testes de protocolo de compatibilidade e segurança de bateria”, explicou o executivo.

Cupons de desconto TecMundo: