Que a verdade seja dita: ter todos os anúncios, tarefas e outras partes importantes do dia a dia escolar disponíveis com alguns poucos toques na tela do celular, no lugar do antiquado sistema analógico, é uma enorme mão na roda. O problema com isso? Quem não tem acesso a esses eletrônicos acaba ficando para trás.

Foi exatamente esse problema que acabou surgindo na cidade de Haia, na Holanda. Mas parece que o município encontrou uma solução: em uma parceria com a T-Mobile e a Samsung, a Secretaria de Educação vai dar nada menos do que mil smartphones Xcover 4 para estudantes de famílias de baixa renda.

Junto disso, o programa inclui um plano de telefone que oferece ligações ilimitadas e um plano de dados de 1 GB por mês (embora bloqueando ligações internacionais e certos números pagos). O anúncio oficial sobre a novidade é vago com relação a outras limitações, mas a promessa é de que os alunos poderão usar “todos os apps que forem relevantes para eles”.

Participar hoje em dia e nessa era também significa participar online e mobile

“Todas as crianças devem ser capazes de participar. É por isso que o governo tem reservado dinheiro extra para que crianças de famílias de baixa renda também possam fazer esportes, fazer música, dançar e participar em atividades na escola. Participar hoje em dia e nessa era também significa participar online e mobile”, disse a Secretária de Estado de Educação, Jetta Kleinsma, segundo o The Next Web.

De acordo com os dados, as primeiras 250 crianças a participarem do programa vão receber seu aparelho da própria Secretária, na próxima semana, com o início de seu novo período letivo no colegial. Agora é torcer que essa iniciativa dê certo, porque essa definitivamente é uma solução bem-vinda para trazer a inclusão digital àqueles que, sem ela, podem perder muito em uma época importante de sua educação.

Cupons de desconto TecMundo: