A Samsung colocou no Galaxy S8 (não no S8+) uma tecnologia chamada Y-OCTA, ou seja, uma camada sensível ao toque própria para telas OLED flexíveis. A primeira iteração da Sammy com essa tecnologia parece ter feito sucesso, já que os rumores indicam que os próximos Galaxy S9 e S9+ contarão com o mesmo processo, segundo o ET News.

Por outro lado, a notícia é ruim para os fornecedores da Samsung. Isso porque a solução touch in-cell é produzida pela própria fabricante. Então, ela não tem necessidade de realizar encomendas com outras empresas. Além disso, a utilização do Y-OCTA permite o desenvolvimento de um painel mais fino e a redução de 30% dos custos de fabricação.

Dessa maneira, a ET News também indica que o Galaxy S9 com tela Y-OCTA terá um tamanho de 5,77", enquanto o S9+ terá 6,22". A Samsung também espera que os aparelhos sejam um sucesso: atualmente, ela tem a capacidade de produzir entre 3 e 4 milhões painéis por mês, algo que deve aumentar para 10 milhões mensais com a mudança.

Cupons de desconto TecMundo: