(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

A Microsoft realizou uma série de mudanças no Xbox One desde a E3 2013, e não estamos falando apenas das novas políticas relacionadas a conteúdo digital e autopublicação. Segundo o vice-presidente da empresa, Marc Whitten, alterações na GPU – que agora tem clock de 853 mhz – e drivers gráficos do aparelho também foram feitas para melhorar o processamento e qualidade do aparelho.

A gamescom 2013 será o palco da exibição do “pacote final” do Xbox One, mas as mudanças serão mais presentes no mundo dos desenvolvedores. Whitten conta que os kits finais para produção de jogos já estão nas mãos das empresas mais próximas da Microsoft e que, a partir de agora, a companhia trabalhará bem de perto com os criadores de jogos.

Como o Xbox One é, essencialmente, uma plataforma Windows, o novo driver gráfico tem o DirectX como base. O sistema aparece extremamente otimizado para o console, garantindo um uso eficiente e completo de todos os recursos do sistema. Whitten lembra que uma vez passada a fase de brigar para manter o console funcionando e sem superaquecer, chegou a hora de fazer com que ele fosse capaz de gerar experiências impressionantes.

O Xbox One chega no final do ano.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: