O que mais parece o raio-x de um crânio muito deformado é na verdade um milissegundo de uma das tecnologias mais poderosas já construídas pelo homem. Capturada logo depois da detonação, essa imagem mostra o primeiro momento após a explosão de uma bomba atômica. A foto foi tirada em 1952, durante testes do governo americano no deserto de Nevada.

Apenas um milissegundo após a explosão da bomba, é impressionante como essa bola de fogo de 20 metros de diâmetro aparece no ar, com pontas de chamas que parecem estalactites.

A explosão foi capturada por uma câmera de Ação Rápida Eletrônica que é desenvolvida justamente para registrar imagens em uma fração de segundos. Diferente das câmeras normais, ela não usa um obturador mecânico, pois seria muito lento. Na verdade, a câmera possui dois filtros polarizados e uma célula Kerr central.

Cupons de desconto TecMundo: