Apresentador e humorista Jô Soares morre aos 84 anos

1 min de leitura
Imagem de: Apresentador e humorista Jô Soares morre aos 84 anos
Imagem: Globo
Avatar do autor

O artista brasileiro Jô Soares morreu aos 84 anos, na madrugada desta sexta-feira, em São Paulo. Apresentador, escritor, diretor e humorista, ele estava internado desde o dia 28 de julho com pneumonia, mas a causa oficial do falecimento não foi divulgada.

A morte de Jô Soares foi confirmada pelo Hospital  Sírio-Libanês, onde o apresentador estava internado, e também pela ex-mulher Flávia Pedra. Nas redes sociais, fãs e amigos de Jô prestaram homenagens ao célebre artista.

“Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida”, escreveu Flávia Pedra no Instagram. “A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor.”

Com cerca de 60 anos de carreira, Jô Soares passou pelas maiores emissoras de televisão do país. Nascido em 16 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro, José Eugênio Soares começou sua carreira como artista no filme “O Homem do Sputnik”, no fim dos anos 50. Com o tempo, fez vários programas de humor no Brasil, incluindo “Jô Show” e “A Família Trapo” e “Viva o Gordo”.

No entanto, a parte mais marcante de sua carreira nas últimas décadas foi no papel de apresentador. Em 1988, ele começou o programa de televisão “Jô Soares Onze e Meia”, onde realizou mais de seis mil entrevistas, no SBT. Em 2000, o artista mudou para a Globo para fazer o icônico “Programa do Jô”, que ficou no ar até 2016 na emissora. 

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.