Johnny Depp diz que está sendo ‘boicotado’ em Hollywood

1 min de leitura
Imagem de: Johnny Depp diz que está sendo ‘boicotado’ em Hollywood
Imagem: PAN Photo Agency/Shutterstock
Avatar do autor

O ator Johnny Depp disse que está sendo boicotado por Hollywood por causa da briga na Justiça com sua ex-esposa, Amber Heard. Ele utilizou como exemplo o filme Minamata, seu longa-metragem mais recente que estreou na semana passada no Reino Unido, mas que ainda não tem previsão de chegar aos Estados Unidos.

“Olhamos essas pessoas nos olhos e prometemos que não seríamos exploradores. Que o [trabalho no] filme seria respeitoso. Acredito que cumprimos nossa parte no trato, mas aqueles que vieram depois também deveriam manter a deles”, disse em entrevista ao site The Times na última sexta-feira (14).

O astro afirmou que foi colocado na lista negra da maior indústria dos cinemas do mundo também por causa dos processos de difamação que moveu contra o jornal The Sun. Ele comparou a história de Minamata com a sua própria.

Johnny Depp

No enredo, Depp é um fotógrafo que é designado para fotografar uma população de uma cidade que está sendo contaminada por mercúrio. Com isso, ele disse que alguns filmes tocam pessoas que sentem coisas semelhantes e por qualquer coisa, incluindo o boicote a ele, que é “um homem, um ator em uma situação desagradável e complicada nos últimos anos”.

“Mas, você sabe, estou indo para onde preciso ir para fazer tudo isso. Para trazer as coisas à luz”, comentou.

Acusações

Johnny Depp se casou com a atriz Amber Heard em 2015, após eles se conheceram na gravação do filme The Rum Diary. Em 2016, a atriz entrou com um pedido de divórcio alegando que a estrela da franquia Os Piratas do Caribe havia sido abusiva “mental e fisicamente”.

Amber Heard e Johnny DeppAmber Heard e Johnny Depp

O processo de violência doméstica virou um escândalo, já que Depp era um dos atores mais bem pagos de Hollywood à época. Mesmo Depp tendo perdido papéis em filmes como Animais Fantásticos e Onde Habitam, sua disputa judicial com a ex-mulher ainda não terminou. Recentemente, porém, ele chegou a perder um processo contra o jornal The Sun, que conseguiu na Justiça o direito de chamá-lo de “espancador de esposa”.