Globoplay promete congelar preços até 2023 e alfineta Netflix

1 min de leitura
Imagem de: Globoplay promete congelar preços até 2023 e alfineta Netflix
Imagem: Globoplay
Avatar do autor

A plataforma de streaming Globoplay foi mais uma marca a provocar a Netflix, que anunciou um reajuste de preços no Brasil na última quinta-feira (22). A partir de agora, o plano mais caro da empresa estadunidense passou de R$ 45,90 para R$ 55,90.

Depois que a HBO Max e a Amazon Prime Video fizeram postagens bem humoradas sobre a competição no Twitter, o serviço brasileiro também publicou uma alfinetada bastante direta — e aproveitou para garantir que não vai aumentar os próprios valores pelos próximos dois anos.

Confira:

"O gás está caro, a comida está cara, o combustível está caro. Num momento onde tudo está caro, ainda tem gente aumentando preço de streaming... Ainda bem que o Globoplay garante a todos os seus assinantes, atuais e mais quem assinar até o final do ano, que não teremos reajuste de preço até 2023", diz o vídeo.

Além disso, no próprio tweet, a plataforma lista "N motivos" para você assinar o serviço — uma letra bastante comum para citar uma quantidade imensurável de alguma coisa, mas também uma óbvia referência à Netflix.

No plano anual e mais básico, a Globoplay custa 12x de R$ 14,90. É possível ainda fazer pacotes de assinatura com canais ao vivo, Premiere ou Disney+. A plataforma, inclusive, é um dos serviços na internet que permite assistir aos Jogos Olímpicos via streaming.