O Diabo Veste Prada: Adrian Grenier concorda que Nate era o vilão

1 min de leitura
Imagem de: O Diabo Veste Prada: Adrian Grenier concorda que Nate era o vilão
Imagem: Divulgação
Avatar do autor

Se você assistiu ao filme O Diabo Veste Prada, então provavelmente já se questionou sobre quem realmente é o vilão do filme. Em um primeiro momento, o espectador é levado a acreditar que é Miranda Priestly (Meryl Streep), a chefe exigente de Andy (Anne Hathaway).

Mas à medida que a assistente busca aprovação e, consequentemente, sucesso em sua carreira, seu namorado Nate fica cada vez mais frustrado, emburrado quando Andy perde seu aniversário ou atende a chefe.

O ator Adrian Grenier, que interpretou Nate no filme, concordou que o personagem realmente era um péssimo namorado, mas que não percebia isso na época das gravações.

“Talvez seja porque eu não era maduro o suficiente como homem, assim como Nate provavelmente poderia ter amadurecido um pouco. Eu era tão imaturo quanto ele na época, então não conseguia ver suas deficiências, mas, após ter tempo para refletir e conversar sobre isso na internet, percebi a verdade dessa perspectiva", disse ao Entertainment Weekly.

Mesmo após 15 anos desde o seu lançamento, os fãs ainda levantam questões sobre os dois personagens que demandam a atenção de Andy durante a trama.

Grenier explica que Nate ainda era muito imaturo para a personagem principal. “Ele não tinha aquilo que ela precisava porque era um menino frágil,  ferido e imaturo. Para todos os Nates lá fora: vamos! Cresçam!”, disse o ator.

O Diabo Veste Prada: Adrian Grenier concorda que Nate era o vilão