'Collete': indústria de games ganha 1º Oscar com o documentário

1 min de leitura
Imagem de: 'Collete': indústria de games ganha 1º Oscar com o documentário
Imagem: The Guardian/Reprodução
Avatar do autor

No último domingo (26) foi realizado o Oscar, premiação mais esperada do mundo cinematográfico. Porém, não foram só os filmes que brilharam na cerimônia. Isso porque, pela primeira vez na história, um estúdio de videogames conquistou uma estatueta.  O curta-metragem Collete, desenvolvido por Anthony Giacchino e apresentado pela Oculus Studios em conjunto com a Respawn Entertainment, foi o vencedor na categoria Melhor Documentário.

O curta foi apresentado pela primeira vez no jogo Medal of Honor: Above and Beyond. Mais tarde foi adquirido pelo The Guardian, que distribuiu a produção. Colette apresenta uma sobrevivente da Resistência Francesa, Colette Marin-Catherine, retornando à Alemanha pela primeira vez desde o final da Segunda Guerra Mundial para visitar um campo de trabalho escravo onde seu irmão foi morto. Confira:

O diretor de produção da Oculus Studios, Mike Doran, ressaltou que a grande vencedora é a própria Collete ao compartilhar sua história. “Como vemos no filme, é preciso coragem para resistir, mas enfrentar o passado pode demorar ainda mais. Permitir que preservássemos esta história para as gerações futuras foi um verdadeiro ato de bravura e confiança", disse em comunicado.

O jogo é uma experiência de realidade virtual que se passa durante a Segunda Guerra. Nele, o usuário está na pele de um agente da OSS (Escritório de Serviços Estratégicos) na Europa durante os combates.