Netflix testa método que pode reduzir compartilhamento de senhas

1 min de leitura
Imagem de: Netflix testa método que pode reduzir compartilhamento de senhas
Avatar do autor

A plataforma de streaming Netflix iniciou os testes de um novo recurso que opera como uma camada adicional de segurança para contas de assinantes, impedindo o acesso de terceiros. Entretanto, a proteção também pode dificultar ou até impedir um cenário bastante comum: o compartilhamento de senha de um único perfil entre várias pessoas.

A novidade foi encontrada pelo site GammaWire, que reuniu alguns relatos de usuários que se depararam com a novidade.

Durante o streaming de um conteúdo, a tela abaixo aparece com a seguinte mensagem: "Se você não mora com o dono dessa conta, você precisa da sua própria conta para continuar assistindo".

Abaixo, há as opções possíveis para manter o app funcionando sem deslogar: pedir um código por email ou no celular, como uma autenticação por dois fatores, ou "Verificar depois". Quem escolheu a terceira opção alega que ainda não recebeu um segundo aviso de confirmação.

E agora?

A plataforma de streaming lida com o compartilhamento de senhas há alguns anos. Em 2016, depois de uma disputa judicial, ela liberou a prática "contanto que não haja algum tipo de ganho financeiro com isso". Entretanto, sistemas baseados em inteligência artificial já são capazes de identificar quando isso acontece — e o assunto voltou a ser debatido com esses novos testes.

Em um comunicado enviado ao site The Verge, a Netflix confirmou que o teste "é feito para ajudar a garantir que as pessoas usando as contas da Netflix estejam autorizadas a fazer isso". Ou seja, a preocupação seria envolvendo invasões ao perfil e transmissões feitas sem o consentimento do dono da assinatura.

Os testes não têm data para serem encerrados e não há a confirmação de que o recurso vai virar uma função oficial  da plataforma.