Viggo Mortensen não se arrepende por recusar papel de Wolverine

1 min de leitura
Imagem de: Viggo Mortensen não se arrepende por recusar papel de Wolverine
Imagem: IMDb/Reprodução
Avatar do autor

Hugh Jackman ficou conhecido em Hollywood após viver o Wolverine nos cinemas em X-Men: o filme, de 2000. Porém, o ator não foi a primeira opção para o papel e um dos nomes considerados antes foi o de Viggo Mortensen, que acabou recusando por não querer se envolver em uma franquia muito longa.

Durante uma conversa no podcast Happy Sad Confused, o ator foi questionado se ele se arrepende de ter deixado o papel para Jackman.

"Não”, afirmou Mortensen. “Acho que ele se saiu muito bem. Não posso me imaginar fazendo melhor do que Hugh fez de qualquer maneira, então... Acho que o que me incomodou na época foi o compromisso de intermináveis filmes do mesmo personagem repetidamente. Eu estava nervoso com isso”.

Viggo Mortensen em 'O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei'Viggo Mortensen em 'O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei'Fonte:  IMDb/Reprodução 

O ator também revelou que contou com um importante conselheiro para ajudá-lo a compreender melhor o personagem na época: seu filho.

“Eu levei [meu filho] Henry para a reunião que tive com Bryan Singer. Foi em Los Angeles, e ele tinha os modelos, figuras e coisas prontas para o que iria fazer. Eu perguntei, 'Posso levar meu filho? Ele tem dez anos, sabe muito sobre isso e esse é seu personagem de quadrinhos favorito no momento, Wolverine, ele sabe de tudo. Então, adoraria trazê-lo, como uma espécie de amuleto e guia de boa sorte’. Porque eu deixei Henry ler [o roteiro] e ele disse 'Isso está errado. Isso está errado. Não é assim'. E então fomos e eu disse 'Seja educado'. E eles me apresentaram o projeto e me mostraram todos os desenhos — foi uma conversa muito agradável”.

Mesmo não sabendo na época Mortensen acabou evitando um personagem que acompanhou Hugh Jackman por dez filmes em quase duas décadas. Apesar disso, o ator acabou aceitando participar da trilogia O Senhor dos Anéis, que teve uma duração de cinco anos entre pré-produção e estreia nos cinemas.
Viggo Mortensen não se arrepende por recusar papel de Wolverine