Ex-guitarrista do Blink-182, Tom DeLonge, irá dirigir seu 1º filme

1 min de leitura
Imagem de: Ex-guitarrista do Blink-182, Tom DeLonge, irá dirigir seu 1º filme
Avatar do autor

Tom DeLonge, ex-guitarrista da banda Blink-182, irá dirigir o seu primeiro longa-metragem. O filme será uma aventura de ficção científica, que recebeu o título Monsters of California.

Além da direção, DeLonge também assina o roteiro e será o produtor do longa. Foram confirmados no filme os atores Richard Kind (American Dad), Casper Van Dien (Tropas Estelares), Arianne Zucker, Gabrielle Haugh (ambas de Days of Our Lives) e a modelo Camille Kostek.

A trama do filme irá acompanhar um grupo de adolescentes que decide investigar eventos sobrenaturais que estão ocorrendo no sul da Califórnia. Conforme eles se envolvem mais com a investigação, eles percebem que tudo está relacionado com uma grande conspiração do Governo.

Ex-guitarrista irá dirigir filme inspirado em sua infânciaEx-guitarrista irá dirigir filme inspirado em sua infânciaFonte:  Tom DeLonge/Reprodução 

DeLonge foi integrante do Blink-182 por mais de 20 anos. Ele fundou a banda ao lado de Mark Hoppus em 1992, e durante esse período eles venderam mais de 25 milhões de discos. Em 2015, ele anunciou sua saída da banda para poder se dedicar à ufologia, tendo participado como produtor-executivo de uma série do History Channel sobre o tema. Ele também ganhou o prêmio de Melhor Curta de Animação no Festival Internacional de Curtas de Toronto.

DeLonge comentou que a ideia de seu filme foi inspirada por histórias que ele viveu quando criança com seus amigos. Ele lembrou que gostava de se envolver em aventuras, enquanto andava de skate e provocava os vizinhos.

“Tenho imaginado essa história em meus sonhos por décadas”, disse o músico. “Representa todos os aspectos da minha estranha existência, incluindo crescer no subúrbio de San Diego como um skatista adolescente insatisfeito. Eu tinha um pequeno grupo de amigos que nunca perdia a oportunidade de irritar as pessoas e me fazia chorar de rir. A camaradagem, curiosidade, angústia e irreverência foi o que me levou ao Blink-182 e, agora, a esta história, repleta de obsessão com a ciência e a ficção científica”.

Ex-guitarrista do Blink-182, Tom DeLonge, irá dirigir seu 1º filme