'Vingadores: Guerra Civil' poderia ter apresentado o Hulk inteligente

1 min de leitura
Imagem de: 'Vingadores: Guerra Civil' poderia ter apresentado o Hulk inteligente
Avatar do autor

Vingadores: Ultimato apresentou uma versão inteligente do Hulk (Mark Ruffalo), com o Gigante Esmeralda conseguindo manter a consciência de Bruce Banner intacta. Porém, essa versão do personagem poderia ter sido apresentada aos fãs em Vingadores: Guerra Civil.

A cena em questão chegou a ser gravada, e aconteceria logo após Thano (Josh Brolin), ter estalado os dedos. Você pode conferir abaixo a sequência não finalizada, com Ruffalo usando a roupa de captura de movimentos.

Os roteiristas de Guerra Infinita e Ultimato, Christopher Markus e Stephen McFeely, explicaram que a cena foi cortada porque não faria sentido mostrar o Hulk/Banner encontrando um equilíbrio, após o universo inteiro ter sofrido uma perda tão grande. McFeely também afirmou que ficaria mais de acordo com a história se isso só fosse apresentado no segundo filme.

“Imagine o primeiro ato de Vingadores: Ultimato, ele é o Hulk inteligente em todas essas cenas — ou seja, quando ele vai matar Thanos, quando [os Vingadores] estão sentados ao redor do complexo quando Tony [Stark] retornou — então isso exigiu alguns ajustes”, disse McFeely. “E isso também significava que poderíamos usar os cinco anos como transição, sugerindo que ele tem problemas juntar as duas personalidades, e nos cinco anos ele descobre como fazer isso”.

Markus acrescentou: “Além disso, é como se você entendesse. Parte do que aprendemos toda vez que você escreve um filme — e particularmente um filme em que a história continua — é que você não precisa explicar tanto quanto pensa que tem. Você pode ir para o Queens, as pessoas sabem quem é o Homem-Aranha. Eu não preciso vê-lo ser picado pela aranha novamente. Tipo, 'ok, ele é uma combinação de Hulk e Banner, eu entendo'”, concluiu.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
'Vingadores: Guerra Civil' poderia ter apresentado o Hulk inteligente