Ninja retorna ao YouTube em live de Fortnite com 160 mil pessoas

1 min de leitura
Imagem de: Ninja retorna ao YouTube em live de Fortnite com 160 mil pessoas
Imagem: Le Portale/Reprodução
Avatar do autor

O popular influenciador Tyler ‘Ninja’ Blevins voltou a fazer transmissões ao vivo de Fortnite ontem (8). Após o fim do Mixer, plataforma da Microsoft em que tinha um acordo de exclusividade, o influenciador digital resolveu levar seu conteúdo para o YouTube.

O retorno de Ninja no site de vídeos da Google foi positivo. Sua primeira live na plataforma teve mais de 160 mil espectadores simultâneos e angariou 2,8 milhões de visualizações até agora. O conteúdo pode ser visto abaixo e conta com o influenciador jogando com outros grandes nomes do cenário de Fortnite, incluindo Courage, e Dr Lupo.

Mesmo com o sucesso de visualizações, ainda não está claro se Ninja permanecerá no YouTube. Segundo o consultor de esports Rob Breslau, a transmissão ao vivo foi realizada por conta do influenciador e não envolve um contrato de exclusividade com a plataforma da Google, pelo menos por enquanto.

Apesar de Ninja não realizar transmissões ao vivo no YouTube, o influenciador solta vídeos de melhores momentos na plataforma e possui quase 24 milhões de inscritos no serviço. A conta de Blevins no Twitch, sua antiga casa para transmissões ao vivo, possui 14,7 milhões de seguidores.

Fim do Mixer

Ninja estava transmitindo exclusivamente no MixerNinja estava transmitindo exclusivamente no MixerFonte:  News Break 

Ninja deixou de fazer transmissões ao vivo na plataforma roxa na segunda metade do ano passado, quando fechou um contrato de exclusividade com a Microsoft para ser streamer no Mixer. Segundo a agência de talentos que cuidou do negócio, o influenciador teria recebido até US$ 30 milhões com o acordo.

Em 22 de junho, a Microsoft anunciou o encerramento do Mixer e uma parceria para migrar os canais do site para o Facebook Gaming. A rede social de Mark Zuckerberg teria oferecido altas quantias de dinheiro para manter Ninja na jogada, mas o influenciador optou pela rescisão de contrato com a Microsoft, que pode ter rendido mais US$ 30 milhões.

Fontes

Ninja retorna ao YouTube em live de Fortnite com 160 mil pessoas