Joel Schumacher, diretor de Batman & Robin, morre aos 80 anos

1 min de leitura
Imagem de: Joel Schumacher, diretor de Batman & Robin, morre aos 80 anos
Avatar do autor

O diretor Joel Schumacher, responsável por filmes como Garotos Perdidos (1987), Um Dia de Fúria (1993) e Tempo de Matar (1996), faleceu hoje (22). Ele tinha 80 anos e lutava contra um câncer desde 2019.

Nascido em Nova York, Schumacher começou trabalhando na moda, e em 1973 foi responsável pelo figurino de O Dorminhoco, de Woody Allen. Como diretor, iniciou sua carreira em 1974, e em 1987 se tornou conhecido pelo filme Garotos Perdidos. A comédia de terror também consolidou o nome do ator Kiefer Sutherland (24 Horas). Já na década de 1990, ele lançou Um Dia de Fúria, um dos seus filmes mais importantes, que contou com Michael Douglas, Robert Duvall e Barbara Hershey.

Robert De Niro e Joel Schumacher em Ninguém é Perfeito - 1999Robert De Niro e Joel Schumacher em Ninguém é Perfeito - 1999Fonte:  IMDb/Reprodução 

Os polêmicos Bat-Mamilos

Em 1995, ele fez aquele que seria um de seus filmes mais lembrados: Batman Eternamente. A adaptação de um dos personagens mais icônicos dos quadrinhos teve uma boa bilheteria, mas o diretor foi criticado pelo exagero do herói. Em 1997, ele repetiu a dose com Batman & Robin, que manteve o mesmo estilo cafona, comum nos quadrinhos mais antigos do Cavaleira das Trevas.

Ele ainda teve trabalhos relevantes como 8mm: Oito Milímetros e Ninguém é Perfeito em 1999, Por um Fio em 2002, O Custo da Coragem em 2003 e a adaptação de O Fantasma da Ópera em 2004. Seu último trabalho como diretor foi na série House of Cards, onde ele comandou dois episódios da primeira temporada.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Joel Schumacher, diretor de Batman & Robin, morre aos 80 anos