Técnica de captura de movimento coloca seu cachorro em video games

1 min de leitura
Imagem de: Técnica de captura de movimento coloca seu cachorro em video games
Avatar do autor

Técnica de captura de movimento, normalmente, envolve o uso de diversos equipamentos avançados. Ela é essencial, por exemplo, para a criação de CGIs utilizados em video games e filmes, inclusive de animais, e implica em altos custos. Entretanto, um novo sistema voltado a cachorros lançado por cientistas da Universidade de Bath, do Reino Unido, pode alterar esse cenário ao se valer de apenas uma câmera, criando avatares digitais de maneira simplificada.

A novidade pode ser utilizada para diversas finalidades, não apenas pela indústria do entretenimento, como no acompanhamento veterinário durante a recuperação de problemas físicos do melhor amigo do homem a partir do estudo de movimentos. Testada com 14 raças diferentes, dispensa roupa especial com marcadores – necessária, apenas, para a concepção da tecnologia.

Nova tecnologia dispensa o uso de roupas especiais e de diversas câmeras.Nova tecnologia dispensa o uso de roupas especiais e de diversas câmeras.Fonte:  Reprodução 

Com informações capturadas por meio de um traje específico, os pesquisadores responsáveis pelo lançamento desenvolveram um modelo digital capaz de prever e de replicar as ações dos pets ao serem filmados, mesmo “despidos”, por uma câmera RGBD, que grava, também, a distância de cada pixel.

Sinéad Kearney, autora do estudo, afirma: “Isso pode ajudar na produção de movimentos mais autênticos de animais virtuais. É possível utilizá-la, inclusive, para criar representações digitais de seu cachorro no computador, o que é bem divertido”.

Os animaizinhos subiram de dois em dois

Sinéad ressalta que essa foi a primeira vez em que algo do tipo foi tentado, eliminando diversos custos do processo. Agora, ela e sua equipe começaram a testar a técnica em outras espécies de quatro patas para tornar os resultados mais acurados. Cavalos, gatos, leões e gorilas, por exemplo, trouxeram expectativas promissoras.

“Enquanto existe uma série de pesquisas a respeito da análise automática de movimentos humanos sem marcadores, o reino animal é muitas vezes esquecido”, diz Darren Cosker, diretor da iniciativa, que contará com um banco de dados disponível para usos não comerciais.

“Nossa pesquisa dá um passo adiante na construção de modelos 3D com o uso de tecnologias que nos permitem mensurar movimentos de animais maneira facilitada”, finaliza.

Técnica de captura de movimento coloca seu cachorro em video games