Coronavírus: Sony, Nintendo e mais sobrecarregam com alta demanda

1 min de leitura
Imagem de: Coronavírus: Sony, Nintendo e mais sobrecarregam com alta demanda
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Uma das medidas para conter o avanço do Coronavírus é evitar, sempre que possível, sair de casa ou ir a eventos públicos, o que levou muita gente a passar o tempo com jogos online. Entretanto, os efeitos dessa demanda expressiva estão sobrecarregando os sistemas de várias empresas – e a jogatina pode não ser tão suave quanto o esperado.

O site Gizmodo reuniu relatos de diversos serviços com instabilidade. Gigantes como Overwatch, Blizzard’s Battle.net, Runescape, Counter-Strike, Steam, Minecraft e Xbox Live apresentaram problemas de acesso nos últimos dias, assim como Nintendo eShop e Playstation Network.

E não são apenas os serviços de jogos que estão passando por isso. Até o Discord e o Twitch estão enfrentando dificuldades.

Veja tambémCoronavírus: isolamento aumenta buscas por sites piratas

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)Fonte:  Pexels 

É preciso ter paciência

De acordo com a publicação, a Nintendo eShop mostrou ontem (17) mensagens de erro após longos tempos de carregamento, assim como não funcionava corretamente tanto para usuários dos Estados Unidos quanto do Reino Unido. Além disso, o perfil oficial japonês da empresa confirmou uma série de falhas, o que sugere instabilidade na nuvem. As coisas, infelizmente, tendem a ficar mais complicadas se uma ação não for tomada o quanto antes.

Uma petição criada no Change.org solicitando a antecipação do lançamento de Animal Crossing: New Horizons reuniu mais de 23 mil assinaturas em apenas quatro dias, por exemplo. O Gizmodo tentou entrar em contato com Xbox Live, Blizzard, Steam, Epic Games, Sonye até a própria Nintendo para entender melhor a situação e descobrir se elas já estão agindo para corrigir a situação, mas nenhuma das empresas se manifestou até agora.

Portanto, se você também está se distraindo com jogos, é interessante pensar em alternativas que não exijam conexão constante ou armazenamento do progresso na nuvem. No mais, ter um pouco de paciência e esperar para ver quais serão as soluções faz parte do processo.

Fontes

Coronavírus: Sony, Nintendo e mais sobrecarregam com alta demanda