Apple não quer vilões usando iPhones, revela diretor de Star Wars

1 min de leitura
Imagem de: Apple não quer vilões usando iPhones, revela diretor de Star Wars
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Rian Johnson, diretor de Entre Facas e Segredos e Star Wars: Episode VIII, revelou uma restrição curiosa para o uso de dispositivos Apple nas telonas. Em entrevista para a Vanity Fair, o cineasta afirma que a maçã não permite que vilões utilizem seus produtos nos filmes.

Sem saber se violava alguma regra e com bom humor, o diretor revelou que a Apple é bem rígida com o uso da sua marca em filmes e séries. Além de não ter qualquer campanha para promoção de seus produtos em filmes, diretores e roteiristas que desejarem utilizar algum aparelho Apple em uma de suas cenas precisam seguir regras — e uma delas se aplica aos vilões e antagonistas.

“Todo cinegrafista que quer manter a identidade do vilão em segredo vai querer me matar agora”, brinca Rian Johnson. Agora, descobrir quem é o agente do mal de filmes de suspense é algo bem mais simples.

Além disso, a Apple exige que seus produtos sejam destacados com luzes ou reflexo nas cenas que forem enquadrados, favorecendo formato do produto ou a logo da fabricante.

Essa revelação finalmente confirma uma teoria sobre a série 24 Horas. Quando no ar, o site Wired destacou uma teoria sobre a série: vilões eram sempre vistos com desktops comuns, enquanto os “mocinhos” utilizavam Macs.

Apesar disso, vale mencionar que ainda há alguns personagens de caráter duvidoso com produtos Apple em mãos, como o personagem vivido por Kevin Spacey em House of Cards. Sendo assim, há uma pequena parcela de casos que não respeitam às restrições da fabricante.

Tem algum outro exemplo de filme com vilões portando iPhones ou Macs? Conte nos comentários!

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Apple não quer vilões usando iPhones, revela diretor de Star Wars