Liga da Justiça: Joss Whedon mudou cerca de 80 páginas do roteiro

1 min de leitura
Imagem de: Liga da Justiça: Joss Whedon mudou cerca de 80 páginas do roteiro
Avatar do autor

Após dois anos do lançamento, os fãs de Liga da Justiça ainda acreditam que existe uma versão alternativa do filme. Desde o lançamento original, uma parte do público pede pelo “Snyder cut”, ou a versão de Zack Snyder do filme. E segundo o The New York Times, esta versão não apenas existe, como possui cerca de 80 páginas de roteiro diferente do que foi exibido nos cinemas.

Snyder havia mostrado uma primeira versão do filme a um pequeno grupo de diretores e roteirista. Entre eles, o próprio Joss Whedon, que substituiu Snyder durante a pós-produção do longa, para deixar o filme menos sombrio. Entre as mudanças feitas por Whedon, houve uma alteração significativa do roteiro, o que obrigou o estúdio a gravar diversas novas cenas.

Ben Affleck, Zack Snyder, e Gal Gadot em 'Liga da Justiça' (Fonte: IMDb/Reprodução)
Ben Affleck, Zack Snyder, e Gal Gadot em 'Liga da Justiça' (Fonte: IMDb/Reprodução)

O The New York Times aponta que, dentre as principais mudanças, estão mais cenas com a Mulher-Maravilha e Lois Lane, para desenvolver melhor as personagens, além da adição de mais momentos cômicos no filme. Também foram removidas diversas cenas com o Flash, incluindo a participação da atriz Kiersey Clemons, que seria um interesse amoroso do herói. O Ciborgue também teve diversas cenas removidas da versão original.

A notícia vem na mesma semana que Gal Gadot e Ben Affleck se juntaram aos fãs, pedindo para que a Warner libere a versão de Zack Snyder do filme. Ainda é pouco provável que o estúdio aceite lançar o corte do diretor, que estava incompleto e precisaria ter os efeitos especiais finalizados. Com isso, sua versão serviria apenas para que os fãs pudessem ter uma leve ideia de como seria a obra originalmente.

Zack Snyder iria ser o responsável por comandar o universo de filmes da DC na Warner. Ele dirigiu O Homem de Aço em 2013 e Batman vs Superman: A Origem da Justiça em 2016. Porém, no meio da produção de Liga da Justiça, o diretor anunciou que estaria se retirando para cuidar de problemas pessoais. Algum tempo depois, foi divulgada uma segunda versão da história, que dizia que Snyder havia sido demitido. Ele foi substituído por Joss Whedon, que tentaria repetir o sucesso que teve com Os Vingadores em 2012.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Liga da Justiça: Joss Whedon mudou cerca de 80 páginas do roteiro